O Brumércio - Brumado é mais Comércio

       

Falando Sobre Vendas
 
Formação ajuda, mas não garante sucesso
 
Já faz algum tempo que tenho reparado na grande quantidade de profissionais, principalmente jovens, que acredita com convicção que a conquista de um diploma de graduação ou a ampliação do currículo acadêmico com cursos de especializações garanta algum tipo de benefício em sua vida no mercado de trabalho.

Preocupa-me o fato desses jovens, recém-graduados, se matricularem em cursos de pós-graduação ou MBAs com a ideia de que isso trará benefícios financeiros e destaque imediato na carreira profissional. Preocupam-me ainda mais os profissionais, já com experiência, que investem em cursos com a esperança de que a organização lhes dê em troca uma promoção ou um aumento salarial.

Formação, pós-graduação, MBAs, cursos de especialização são diferenciadores importantíssimos, nos dão mais conhecimento, mais contato com pessoas diferentes, além de mais aprendizado. Porém, a escolha de um curso precisa ser muito estudada pelo profissional, assim como a entidade onde vai fazê-lo e sua real utilidade no dia a dia.

Uma carreira só é bem-sucedida a partir de uma série de fatores que, quando combinados, podem resultar no êxito profissional. A formação é um desses fatores, mas ainda precisamos colocar em relevância os comportamentos e atitudes, a forma de se relacionar, a fluência nos idiomas, além da rede de contatos e, por fim, como cada um administra a vida pessoal e profissional.

Antes de tomar a decisão de investir em alguns cursos e atualizações, é muito importante uma reflexão mais profunda que envolva alguns questionamentos:

Em que momento da minha carreira estou?

Do que mais preciso para crescer profissionalmente?

Quanto tenho para investir? E que retorno terei desse investimento?

Quais são meus pontos de melhoria?

Encarar de forma sincera e profunda as respostas verdadeiras a esses questionamentos é o que possibilitará ao profissional a tomada correta de decisão. Investir para melhorar a formação quando, na verdade, precisa aprender um segundo idioma ou mudar de atitude, pode ser esconder-se atrás de algo pouco efetivo para o momento. Poderá trazer alívio, mas não trará muito crescimento.

A dica é falar com pessoas conhecidas, ou, ainda, pra quem já tem um nível mais sênior, conversar com o chefe imediato ou com a área de Recursos Humanos da empresa. Depois disso, sim, escolha com mais clareza e sinceridade consigo mesmo. Finalmente, qualquer investimento terá valido muito mais a pena.
 
 
 
O Brumercio © Copyright 2017
Desenvolvido por Unifácil Agência de Marketing e Tecnologia LTDA.